Parece que o Monstro do Lago Ness se mudou para o Alasca; veja vídeo

naom_5830e696b6cefUm vídeo postado no Facebook pelo Escritório de Administração de Terras (EAT) do Alasca está intrigando internautas do mundo inteiro. Diante do que parece ser uma serpente gigante nadando no rio Chena, em Fairbanks, muitos começaram a especular sobre a possibilidade de o monstro do Lago Ness ter se mudado para os EUA.

 

O rio Chena é um rio de água doce, que fica “praticamente no meio do Alasca”, segundo observou o EAT.

Os funcionários da organização Craig McCaa e Ryan Delaney filmaram a cena, e EAT deixou para os internautas a decisão sobre o que estava acontecendo. Eles não incluíram nenhuma especulação além de que se tratava de uma “coisa estranha”. Rapidamente, a internet respondeu com hipóteses que incluem um couro de alce morto, um crustáceo gigante, um esturjão do Alasca, uma corda congelada e — o mais popular — um descendente do lendário Monstro do Lago Ness da Escócia.

Em uma atualização postada na página do EAT, a agência escreveu “MISTÉRIO RESOLVIDO…”?

É uma manhã silenciosa de #Halloween na frente do escritório do EAT à beira do rio Chena, em Fairbanks. Ficamos entusiasmados com o número e variedade de explicações oferecidas para o nosso recente vídeo do estranho objeto do rio — suas respostas mostram quão cativantes os mistérios do mundo natural podem ser!”

Segundo a organização, porém, até agora a explicação mais convincente, “compartilhada por especialistas no Departamento de Pesca e Jogo do Alasca”, é de que o vídeo mostra “gelo preso a uma corda que provavelmente está presa em um cais de pontes”, continuou o post. (Sputnik Brasil)

ver mais notícias