Mulher sofre preconceito por exalar odor de peixe por onde passa

Kelly sofreu muito bullying durante a vida até que descobriu o que ocasionava o forte cheiro de peixe

A vida de Kelly Fidoe-White, 36 anos, de Manchester, Reino Unido, foi muito difícil por ter nascido de uma doença rara, chamada de trimetilaminúria ou “síndrome do odor de peixe”.

Ela sofreu muito por exalar um cheiro muito parecido com o de peixe e isso tem feito com que a vida dela seja muito difícil.

Ela toma quatro banhos por dia e us desodorante em excesso e nada nada resolve, odor é forte. Ela foi obrigada a mudar de turno em seu trabalho.

Kelly é casada, se marido Michael, de 45 anos, diz que dá apoio à mulher e se acostumou com o odor.

 

ver mais notícias