Em ritual de magia negra, pais pagam para que homem com HIV tire virgindade de suas filhas

O homem recebe entre R$ 15 e R$ 20, disse que os pais sabem que ele tem HIV

Segundo a BBC, um ritual de magia negra acontece em um vilarejo do Malawi, na África, um homem chamado Eric Aniva que é portador de HIV, recebe DE R$ 15 A R$ 20 para tirar a virgindade, após a primeira menstruação de meninas de uma tribo.

As famílias acreditam que se as meninas se recusarem a fazer sexo com ele será amaldiçoada e também toda a vila pode ser amaldiçoada também. “Algumas garotas têm 12 ou 13 anos, mas eu prefiro as mais velhas”, contou Aniva à reportagem da BBC. Os homens que fazem isso são conhecidos como “hienas”.

“Todas as garotas encontram prazer quando eu sou a hiena delas. Elas, na verdade, se sentem orgulhosas disso e contam para as outras pessoas que eu sou um homem de verdade”, contou ao site inglês. O ritual, que é pago tanto pelos pais quanto pelas comunidades, trata-se de uma “limpeza sexual” e é comum em várias partes do país.

A reportagem foi atrás das mulheres que passaram por esse ritual. Elas disseram que esse ritual é um modo de fazer com que elas tenham boas maneiras, assim não ficam rebeldes, serão boas esposas e os maridos ficarão satisfeitos, além de nada de ruim acontecer com as famílias”, contou uma delas.

 

 

ver mais notícias