Dono de Museu se revolta com palhaços assassinos: Isso é palhaçada!!!

9gjwlb8vr1_4zpn76uy9y_fileA nova modalidade criminosa dos palhaços assassinos deixou o mundo inteiro com medo, mas para uma pessoa, o medo veio acompanhado de um sentimento de revolta.

Mattie Faint, curador de um museu dedicado aos palhaços, acha que esse tipo de coisa pode acabar com o negócio dele de uma vez por todas.

Com 60 anos completos em fevereiro deste ano, as atividades que levaram a construção do museu giravam em torno do túmulo de Joseph Grimaldi, o palhaço mais famoso da Inglaterra, e reuniu palhaços profissionais, amadores e admiradores de clowns e comediantes.

Depois de vários percalços, o museu mudou de endereço várias vezes, mas sempre permaneceu na cidade de Londres, resistindo a incêndios e inundações.

Para Faint, no entanto, a onda dos palhaços assassinos pode fazer o que nenhum fenômeno natural foi capaz de fazer: fechar o museu em caráter definitivo.

Mattie foi o personagem principal de uma matéria produzida pela repórter Emma Bartholomew para o jornal Hackney Gazette e pode crer que ele não está nem um pouco animado.

Na ocasião da entrevista, Londres havia testemunhados três ataques perpetrados por pessoas vestidas de palhaço, portando armas ameaçadoras e colocando em risco a integridade física do cidadão.75b298f7-afe1-405d-ba4b-025fde496e45_560_420

 

Se você testemunhasse um ataque desses, você pensaria em contratar justo um palhaço para animar a festa de seu filho?

É com esta realidade que Faint vem sendo obrigado a conviver, ano após ano.

A verdade é que a queda na popularidade dos palhaços já vem antes disso e, segundo Faint, há uma competição ferrenha no mercado de animadores de festas, que, há pouco tempo, era dominado por palhaços. As crianças de hoje em dia têm escolhido fadas e piratas.

Faz 25 anos que Mattie trabalha em hospitais, fazendo um trabalho parecido com o que os Doutores da Alegria fazem no Brasil, e, por isso, os palhaços assassinos provocam ainda mais dor em seu coração.

— Isso é uma coisa que acontece todo ano, nesta mesma época. Este ano, porém, parece maior porque viralizou nas redes sociais. Tem pessoas usando máscaras que você pode comprar durante o Halloween e, assim que essa época acabar, eles vão sumir no ar, depois de terem aparecido e apavorado um monte de gente pelo país.

 

Quem é que vai querer visitar um museu de palhaços depois dessa má publicidade?

— Acho que as pessoas estão achando o máximo fazer isso. Talvez tenha álcool envolvido. Você vai pra rua e apavora todo mundo e pensa ‘não é divertido?’, com todo mundo gritando lá longe. Agora, isso é de conhecimento público e todo mundo sabe que quer for pego fazendo isso vai ser preso, então, é bem provável que ninguém mais faça isso. O prejuízo que isso causou, só Deus sabe.

ver mais notícias