Adolescente de 15 anos passa por cirurgia para remover seu irmão gêmeo preso dentro de seu estômago

Um adolescente de 15 anos de idade passou por uma cirurgia bem sucedida que removeu do próprio estômago seu irmão gêmeo que não se desenvolveu.

Mohd Zul Shahril Saidin possuía uma condição extremamente rara em que o feto malformado de seu irmão gêmeo se encontrava no interior de seu corpo – um caso clinicamente conhecido como “fetus in fetu”.

O gêmeo parasita, com também é chamada a condição, tinha cabelo, pernas, mãos e genitais, e Hasmah Ahmad, a mãe, relatou ter ficado aliviada após a operação ter sido realizada com sucesso. Ela foi feita na Malásia.

Apesar da idade, o adolescente foi hospitalizado apenas recentemente, depois que começou a se queixar de dores ao longo dos últimos quatro meses.

Ele está se recuperando no hospital. Hasmah relatou que a família fez um funeral para o irmão de Mohd.

Estima-se que a condição ocorra em um a cada 500 mil nascimentos de bebês vivos. Durante os primeiros estágios da gestação de gêmeos, um dos fetos pode “entrar no outro” através do cordão umbilical.

ver mais notícias