Mãe é presa por torturar e queimar orelha de filha de 3 anos, no Amazonas

Uma mulher de 21 anos foi presa por tortura à própria filha de 3 anos, em Parintins, interior do Amazonas.

A criança apresentava hematomas pelo corpo e queimaduras na orelha. A mulher levou a criança para receber atendimento médico e lá foi detida.

Segundo a polícia, funcionários do posto de saúde da cidade chamaram policiais, e a mãe foi presa em flagrante.

O investigador da Polícia Civil, José Maria, disse que a mulher não soube explicar como a criança adquiriu os ferimentos, assim como chegou a se contradizer várias vezes enquanto era interrogada.

A mulher passou por exame de corpo delito e foi encaminhada ao presídio do município. Ela aguarda na penitenciária a decisão da Justiça em relação ao caso.

A criança está sob os cuidados do conselho tutelar do município.

ver mais notícias