Lancha que transportava pastores da Assembléia de Deus é alvejada por tiros em Coari

Na tarde desta quinta-feira (23), lancha que ia em direção a comunidade do Pioriní, zona rural de Coari, foi alvejada por vários tiros de autores até o momento não identificados.

Dois pastores da Igreja Assembleia de Deus foram baleados por “piratas”, na tarde desta quinta-feira (23), nas proximidades da comunidade Dom Bosco, em Coari (a 363 quilômetros de Manaus). Os pastores estavam em uma lancha no Rio Solimões, e a suspeita é que eles tenham sido confundidos com traficantes de drogas, conforme afirmou o cabo Antonio Oliveira, da Polícia Militar de Coari.

Os pastores foram identificados, até o momento, apenas como Helder e Sildo. Os dois foram levados ao Hospital Regional de Coari.

De acordo com o cabo Antonio Oliveira, os pastores seguiam em uma lancha para a comunidade Piorini, onde ministrariam um curso biblíco, quando foram surpreendidos pelos “piratas”. Para a polícia, os suspeitos tinham a intenção de roubar drogas e armamento.

“Foram quatro piratas que atiraram contra a lancha onde os pastores estavam. O pastor Helder foi atingido com um tiro na cabeça, o outro pastor, identificado como Sildo, levou um tiro nas costas. Os dois estão hospitalizados e não correm risco de morte”, disse.

Ainda segundo o sargento, outros dois membros da igreja estavam na lancha, mas não foram atingidos pelos disparos. Os policiais militares de Coari seguem nas buscas pelos suspeitos. Até a publicação desta matéria, ninguém tinha sido localizado.

ver mais notícias