Lancha bate em barranco perto de Itacoatiara e quase afunda com presidente do Garantido

A lancha “Estrela de Nazaré” que saiu às 6h de Parintins (a 325 quilômetros de Manaus), ontem (09), com destino a Manaus, colidiu com um barranco, durante a viagem, próximo ao município de Itacoatiara. O acidente aconteceu por volta das 15h. A lancha trafegava com o limite máximo de 67 passageiros, entre eles, a primeira dama do município, Michele Valadares e o presidente do boi Garantido, Adelson Albuquerque. Não houve vítimas fatais e nem feridos.

Segundo o capitão dos Portos de Parintins, Marcelo Barrios, o acidente ocorreu quando o comandante desviou de um tronco, e subiu um barranco. Alguns passageiros chegaram a relatar que o comandante cochilou durante o percurso, o que levou a colisão.

 

O presidente do Garantido e o presidente do Caprichoso, Babá Tupinambá, tinham uma audiência com o governador José Melo, prevista para esta sexta-feira (09). Babá não estava na embarcação. A esposa do prefeito de Parintins, Bi Garcia, Michele Valadares, participou na quarta-feira de uma ação social do dia das mulheres  e na quinta embarcou para Manaus.  

 

Barrios disse que a lancha havia sido inspecionada antes de sair do município, e estava regularizada. “Toda embarcação que vai fazer uma travessia acima de 2h, passa por um despacho antes da viagem. A Estrela de Nazaré foi vistoriada antes de sair de Parintins e não havia nenhuma irregularidade, estava tudo certo”, disse 

 

Segundo o capitão da Marinha na chegada a Manaus, por volta das 18h, o comandante da lancha, foi abordado pela Capitania. “Segundo o que ele nos contou, havia duas opções: colidir com o tronco ou subir o barranco. O comandante optou por abarrancar a embarcação, pois caso acontecesse algo, os passageiros teriam mais chances de se salvar em terra”, contou.

 

O capitão Barrios disse ainda que o comandante foi orientado a fazer um registro de ocorrência para se resguardar.

 

O jornalista Glauber Gonçalves, estava na lancha no momento do acidente e relatou no seu perfil do facebook o momento de desespero dos passageiros e tripulantes. “A lancha perdeu o equilíbrio e subiu no barranco. Com a Graça de Deus, passava no momento uma balsa que levava gado e socorreu a gente, tirando a lancha do barranco. O motor não foi atingido e nós prosseguimos viagem, chegando bem em Manaus”, publicou Glauber.

 

Fonte – De Amazônia

ver mais notícias