Idoso é preso por estuprar neta de 10 anos em Novo Aripuanã

Um idoso de 72 anos foi preso na rua Didi, município de Novo Aripuanã, interior do Amazonas, suspeito de estuprar a filha-neta de 10 anos.

A polícia esclareceu que é filha-neta porque a criança é fruto de uma relação de também abuso sexual do idoso com a própria filha de 32 anos, que passou a ser obrigada a ter relações com o pai depois que a esposa dele faleceu, todos os outros filhos saíram de casa e só ela ficou.

Segundo informações do denunciante, que pediu para não ser identificado, todos na cidade sabiam o que acontecia naquela casa, mas tinham medo de denunciar, ou quando a mulher contava para alguém, não acreditavam nela.

O idoso nega todos os crimes.

Mário Sérgio Coelho, chefe de investigação da 73ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Novo Aripuanã, confirmou o caso e afirma que o idoso foi pego em flagrante.

Flagrante

O flagrante ocorreu quando a mãe da menina chegou em casa, viu a menina sangrando e correu para o meio da rua pedindo socorro. Um irmão da mulher ainda chegou e disse que ela era louca e mentirosa. Houve uma grande confusão.

A mãe não tem muitas condições financeiras, mas conseguiu vir a Manaus registrar o caso e fazer exames na criança.

ver mais notícias