Ex-presidiário é encontrado morto em ramal da rodovia BR-174

presidiario-mortoO corpo do ex-presidiário Adriano da Costa Amorim, de 22 anos, foi encontrado em avançado estado de decomposição nesta segunda-feira (7). O crime ocorreu nas proximidades da Comunidade Vila das Canoas, localizada no Ramal do Gusmão, no quilômetro 139 da rodovia BR-174, no município de Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros de Manaus).

De acordo com um investigador da 37ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), o corpo foi achado por moradores que passavam pelo local a pé. Eles sentiram um mau cheiro e perceberam a presença de urubus.

O ex-presidiário era envolvido com o tráfico de drogas e estava em liberdade há sete meses. Ele morava em um sítio da Zona Rural de Presidente Figueiredo há seis meses e estava desaparecido desde o sábado (5). A suspeita é de que o homem tenha sido morto por volta das 20h39.

Mesmo com o avançado estado de decomposição, a Polícia Civil identificou que havia sinais de violência no corpo. Uma perfuração no crânio pode ter sido provocada por tiro de arma de fogo. A necropsia no cadáver verificará qual foi causa da morte. O corpo foi conduzido pela equipe de resgate do Instituto Médico-Legal (IML) para Manaus.

A Polícia Civil investigará o caso. A principal linha de investigação leva em conta as ameaças de morte que o jovem teria recebido.

ver mais notícias