Manaus e Nacional disputam o título na Arena da Amazônia, neste sábado

(Foto: Eraldo Lopes)

Manaus – A partir das 16h, uma nova página será escrita na história do futebol amazonense. Os presentes na Arena da Amazônia serão testemunhas de um duelo emblemático na final do Campeonato Amazonense. De um lado, 11 jogadores entram em campo buscando colocar o Manaus FC, caçula do futebol local, no hall de campeões. Do outro, 11 atletas tentam ampliar o número de conquistas do maior campeão do Estado, o Nacional. Além do título, o campeão ainda garante vaga na Copa Verde de 2018.

Com venceu a primeira partida da decisão por 1 a 0, o Manaus tem a vantagem do empate. Fundado em 2013, o Gavião do Norte chegou à primeira final do Estadual após passar pelo Fast, na semifinal. A equipe comandada pelo técnico Aderbal Lana embalou, na reta final da fase de classificação, e avançou com a terceira melhor campanha. A última derrota foi justamente para o Nacional, na oitava rodada, disputada no dia 19 de abril. Desde lá, o time venceu seis jogos e empatou outros três.

Jogador mais experiente do elenco, o meia Neto participou do time que conquistou o primeiro título da história do clube, a divisão de acesso, em 2013. Agora, diante do Nacional, ele acredita que vencer a competição significa uma subida de patamar para o clube.

“A importância do titulo é muito grande. Queremos fazer historia pelo clube. Nosso grupo mescla jogadores experientes, que já foram campeões, com jovens que vêm evoluindo, a cada dia. Espero que possamos manter isso e que o Manaus almeje grandes conquistas”, disse o jogador, que ainda destacou a importância de entrar em campo concentrado para não desperdiçar a vantagem conquistada no primeiro jogo da final.

“A vantagem é um passo muito grande, mas não tem nada ganho. Não podemos nos acomodar. Temos uma vantagem mínima e não podemos descansar em cima dela. Temos que jogar. Temos um padrão de jogo e precisamos impor para conquistar o primeiro título da primeira divisão para o Manaus”, citou o jogador.

Naça reforçado

Voltando ao time, após cumprir suspensão, o lateral-direito Peter é um reforço confirmado pelo técnico nacionalino, Arthur Bernardes. Para o jogador, nada está definido e o apoio da torcida será fundamental para uma virada.

“Me sinto muito feliz, voltando ao time. A nossa equipe está bem focada. Espero que a minha passagem pelo clube seja com o segundo título estadual. Nosso time está bem focado e vamos em busca da vitoria. Pedimos para que os nossos torcedores compareçam ao estádio e nos ajudem por 90 minutos. Temos a missão de ganhar o jogo. Vai ser difícil, mas vamos lutar por ele. Talvez, esse seja o título mais importante para o Nacional e precisamos coroar o planejamento com o titulo”, comentou Peter. Com Informações do D24

ver mais notícias