Cruzeiro vira sobre o Fluminense e se afasta do rebaixamento

naom_581fa1fa780f4

O Cruzeiro venceu o Fluminense, de virada, na tarde deste domingo (6), no Mineirão, em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com gols de todos os homens do sistema ofensivo -Rafael Sóbis, Willian, Arrascaeta e Alisson-, os mineiros fizeram 4 a 2 no rival carioca. Richarlison, substituído ainda no primeiro tempo, e Magno Alves foram os autores do gols visitantes.

 

Com o resultado obtido, os comandados de Mano Menezes chegam a 44 pontos e ficam a oito do Vitória, primeiro da zona de rebaixamento. O triunfo permite que a equipe se distancie consideravelmente do inédito descenso. Os atletas de Levir Culpi, por outro lado, seguem com 48, seis a menos que o Atlético-PR, último do G-6.

Sem balançar as redes adversárias desde o jogo contra o Internacional, em 4 de agosto, quando estufou a meta em três oportunidades, Rafael Sóbis tornou-se peça fundamental no esquema tático de Mano Menezes. Responsável pelo lado direito da segunda linha de quatro jogadores que se forma no sistema defensivo, o atacante ainda incomodou a defesa do Fluminense. Ele finalizou com frequência e até chegou a balançar a rede no primeiro tempo. Foi o quarto gol do camisa 7 desde a sua chegada à Toca da Raposa II.

O zagueiro Gum deu muito espaço aos atacantes do Cruzeiro. Não é à toa que os quatro homens de frente balançaram a rede de Júlio César. Os espaços encontrados na defesa adversária acarretaram em uma goleada para o time mandante. O principal erro do defensor foi na marcação sobre Willian no gol que deu a virada para os mineiros.

Levir Culpi optou pela permanência de Richarlison no comando do ataque. O jovem foi preponderante para o gol obtido no Mineirão. Ele se aproveitou da baixa velocidade do sistema defensivo adversário para balançar a rede. Em arrancada da intermediária, o centroavante passou facilmente pela dupla de zaga -formada por Bruno Rodrigo e Léo- e mandou para o fundo do gol de Rafael.

Escolhido por Mano Menezes para a vaga de Ramón Ábila, Willian reencontrou o caminho das redes na partida deste domingo. Escalado frequentemente como centroavante, o camisa 9 marcou o da virada contra o Fluminense. O atacante fez o sétimo gol em 43 partidas disputadas pelo clube na temporada. O jejum do atleta durou 18 partidas e perdurava desde 31 de julho passado.

Em vantagem no placar, o Cruzeiro optou por chegar ao ataque em lances de contragolpe. E foi desta forma que o time comandado por Mano Menezes decidiu o confronto disputado no Mineirão. Arrascaeta não demorou nem um minuto completo para roubar a bola de Edson no meio de campo e balançar a rede de Júlio César. Alisson aproveitou nova falha do Fluminense na saída de bola, chegou ao ataque e deixou a sua marca.

Com um ataque mais leve devido a saída de Ramón Ábila e a entrada de Willian, o Cruzeiro abusou dos chutes de longa distância. Willian, Rafael Sóbis e Alisson exigiram boas defesas de Júlio César em lances deste tipo. A alteração na função de centroavante acarretou na mudança da forma de jogar do time. Até o lateral esquerdo Bryan teve uma oportunidade de marcar desta forma, mas não foi feliz.

O Fluminense apostou em dois fatores para chegar ao gol de Rafael. Os lances de contra-ataques e individuais foram fundamentais para a forma de jogar do time comandado por Levir Culpi. Com passes de Gustavo Scarpa, Richarlison, Magno Alves, Cícero e Wellington incomodaram bastante o sistema defensivo adversário. Por pouco, o visitante não balançou a rede. O time das Laranjeiras ainda deixou a sua marca no último lance. Magno Alves marcou em cobrança de escanteio.

CRUZEIRORafael; Lucas Romero, Léo, Bruno Rodrigo e Bryan; Henrique, Ariel Cabral, Arrascaeta (Alex) e Alisson; Rafael Sóbis e Willian (Ramón Ábila)T.: Mano Menezes

FLUMINENSEJúlio César; Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Edson, Cícero, Claudio Aquino (Danilinho) e Gustavo Scarpa; Wellington (Marcos Júnior) e Richarlison (Magno Alves)T.: Levir CulpiEstádio: Mineirão, em Belo HorizonteÁrbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)Cartões amarelos: Alisson (C); Claudio Aquino (F)Gols: Richarlison (F), aos 9 min do 1º tempo; Rafael Sóbis (C), aos 26 min do 1º tempo; Willian (C), aos 44 min do 1º tempo; Arrascaeta (C), ao 1 min do do 2º tempo; Alisson (C), aos 5 min do 2º tempo; e Magno Alves (F), aos 47 min do 2º tempo

Com informações da Folhapress. 

ver mais notícias