CM7

 
Manaus, 24 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Esportes / Warriors inicia sequência de jogos em casa para igualar Bulls de Jordan

Warriors inicia sequência de jogos em casa para igualar Bulls de Jordan

Da redação | 01/04/2016 16:10

Tem gente que torce o nariz, acha que são muito arremessos de três e que isso não é basquete. Mas está difícil competir com a eficiência do Golden State Warriors. Nesta sexta-feira, o time de Oakland, na Califórnia, inicia contra o Boston Celtics uma sequência de quatro partidas em casa nas quais pode igualar o recorde do Chicago Bulls. Em 95-96, o time de Michael Jordan teve 72 vitórias e dez derrotas. Agora, com 68 vitórias e sete derrotas, a equipe de Curry, Thompson, Green e Igoudala tem tudo para atingir a melhor marca de uma temporada regular em 70 anos de NBA.

Depois dos jogos em casa, ainda sobrarão três partidas “de segurança” para, quem sabe, ampliar a marca. No caminho final dos californianos, o Spurs aparece duas vezes. Trata-se do último time a derrotá-lo e, tudo indica, seu grande rival nos playoffs da Conferência Oeste.

Mas a razão para tanta confiança no Warriors está nos números. A equipe é detentora do recorde da NBA de vitórias consecutivas em seu ginásio, que já vem desde 31 de janeiro de 2015, na temporada passada. São 53 vitórias na sequência, e contando. A marca anterior, mais uma vez, era do Bulls.

— Será um feito absolutamente incrível, que marcará a história. Estamos trabalhando muito para isso acontecer — disse Leandrinho por e-mail.

O ala é um dos dois brasileiros do time. O outro é o pivô Anderson Varejão, que veio justamente do vice-campeão do ano passado, o Cleveland Cavaliers. Quem impressiona, no entanto, é o astro Curry. No início da temporada, Varejão foi perguntado sobre quem era o melhor da NBA, e a resposta foi seu então companheiro Lebron James. Agora, o discurso mudou.

— Depois do jogo contra o Oklahoma, muitos jogadores da NBA postaram mensagens do tipo “o que esse cara está fazendo?”, entre eles o Lebron. Quem está fazendo uma temporada de MVP (melhor jogador) é o Curry. Isso não quer dizer que ele seja melhor jogador que o LeBron. Nessa temporada, está sendo melhor — analisa Varejão, também por e-mail, numa opinião compartilhada por muitos.

Contra o Oklahoma City Thunder, Curry fez 46 pontos, sendo 36 deles em cestas de três pontos. Ele é o cestinha da temporada, com média de 30 pontos por partida. Com 361 cestas de três pontos assinaladas, ele triturou — no melhor estilo Messi, com quem é comparado — a melhor marca anterior, 286 acertos, que também era sua. Até na defesa Curry ajuda. Ele é recordista de roubadas de bola no ano: 156.

A desproporção com os concorrentes fica evidente quando é observado o próximo nome na lista de líderes de três pontos: Klay Thompson. O ala já marcou 258 arremessos de três.

A disposição em arriscar vem do banco. Hoje técnico, Steve Kerr fazia parte do Bulls de 95-96, quando anotou 122 cestas de três, sua especialidade.

— Ele ter tido essa característica quando era jogador nos ajudou bastante, pois nos passa confiança para tirarmos a pressão e arriscarmos mais — opina Leandrinho.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA