Rio 2016 já arrecadou R$ 800 milhões com ingressos

A dois meses dos Jogos Olímpicos, o comitê organizador Rio-2016 já atingiu a marca de R$ 800 milhões em arrecadação com a venda de ingressos. O valor corresponde a cerca de 80% do total projetado no orçamento do comitê, que prevê R$ 1,045 bilhão com a comercialização de bilhetes. Além disso, o orçamento calcula ainda que serão arrecadados R$ 80 milhões com os ingressos das Paralimpíadas e R$ 40 milhões com ingressos de centros de hospitalidade.

Nesta sexta-feira, o comitê divulgou o design dos ingressos olímpicos, com desenhos exclusivos para cada modalidade, e anunciou que também nesta sexta eles começam a ser impressos em larga escala na gráfica contratada para fazer este serviço, nos Estados Unidos. Alegando questões contratuais, o Rio-2016 não informou qual o nome da empresa americana, que venceu a concorrência com outras sete empresas para ter exclusividade na impressão dos bilhetes. A previsão é que os ingressos comecem a chegar à casa de quem comprou na primeira semana de junho.

Foi feita também uma atualização do balanço de vendas e ingressos ainda disponíveis. Já foram vendidos 4 milhões, e ainda restam 2 milhões entradas disponíveis, a maioria para partidas das fases iniciais dos torneios.

O número total de bilhetes à venda sofreu uma redução: no ano passado, foi divulgado o número total de 7,4 milhões de ingressos. Mas, devido à redução e indefinição da capacidade de algumas arenas, à contingência de espaços reservados para equipes de transmissão e à reserva de 6% dos lugadores para torcedores com necessidades especiais, o total caiu para 6 milhões. Este número ainda deve aumentar, com a definição exata de quantos lugares cada arena e terá e com a liberação de alguns contingenciados, e cerca de 500 mil ingressos devem ser colocados à venda.

ver mais notícias