Quebra-cabeça na zaga do Botafogo

O zagueiro Emerson Silva terá mais uma oportunidade no time principal. Ele é um dos nomes certos no Botafogo para o jogo de domingo, contra o Boavista, pela última rodada da Taça Guanabara, no domingo. Será sua terceira partida seguida como titular. Existe, porém, uma indefinição a respeito de quem será o seu companheiro na zaga. Já que o argentino Joel Carli cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

— Tenho certeza de que, quem jogar ao meu lado, se sairá bem — analisou Silva.

O xará Emerson Santos, em tratamento de lesão na coxa direita, parecia pronto para o retorno, mas ainda faz trabalhos físicos específicos, separado do elenco. Já Renan Fonseca ainda se recupera de um incômodo na panturrilha direita. O menino Igor Rabello, de 20 anos, que ainda não atuou na temporada, corre por fora.

Enquanto não descobre quem jogará ao seu lado no domingo, Emerson Silva tenta impressionar o chefe. E a sua inspiração é justamente o próprio comandante:

— O Ricardo Gomes foi um grande zagueiro, jogou na seleção brasileira. Escuto e procuro aprender com tudo o que ele fala.

Reforços à vista

O segundo reforço do Botafogo para o Campeonato Brasileiro vai chegar antes do primeiro contratado. Enquanto Marquinho, do Macaé, só vai estar disponível a partir do dia 10 de maio, depois do Campeonato Carioca, Anderson Aquino é esperado em General Severiano já na próxima semana para realizar exames médicos.

O atacante, de 29 anos, está resolvendo pendências particulares para assinar a rescisão com o Linense e se apresentar ao Botafogo antes do fim de seu vínculo com o clube paulista, que vai até o dia 25 de abril.

ver mais notícias