CM7

 
Manaus, 24 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Esportes / Lutador de MMA morre depois de passar mal em combate na Irlanda

Lutador de MMA morre depois de passar mal em combate na Irlanda

Da redação | 12/04/2016 09:20

O lutador João Carvalho morreu na noite desta segunda-feira, no Hospital Beaumont, em Dublin, dois dias depois de ter passado mal após uma luta disputada na capital irlandesa. O português sentiu-sem mal cerca de 20 minutos depois do final do combate em que foi derrotado por Charlie Ward por nocaute durante o TEF-MMA.

Internado, Rafeiro, como era conhecido, passou por uma cirurgia no cérebro e permaneceu em estado crítico por dois dias, mas não resistiu e faleceu.

A equipe Nobrega Team lamentou a morte do lutador.

“Apesar do permanente acompanhamento médico que teve por parte da organização do evento e do hospital irlandês, a quem agradecemos todo o apoio prestado nestes momentos difíceis, e embora sejam conhecidos os riscos deste desporto, o falecimento de João Carvalho no meu ponto de vista profissional foi uma enorme infelicidade, que deixa profundamente tristes e consternados, tanto a sua família, como toda a equipa Nóbrega Team, que sempre acompanharam o João Carvalho ao longo da sua carreira, em que ele se vinha destacando a nível nacional e internacional. É pois com muito pesar que apresentamos as nossas sinceras condolências à família e a toda a equipa Nobrega Team”, disse Vítor Nobrega, em um post no Facebook.

Segundo Katarzyna Michlic, organizador do torneio, os médicos que examinaram Carvalho disseram que ele não mostrou nenhum sinal de estar seriamente lesionado durante a luta.

– Os médicos o checaram entre os rounds e o tempo todo ele deu uma resposta completa a eles. Ele respondia a cada questão. Era perguntado onde estava, que round estava sendo disputando e que dia da semana era. Todas as suas respostas foram perfeitas. Quando o árbitro parou a luta no terceirou round, nosso time de médicos olharam para ele e ele estava sangrando muito pelo nariz. Ele foi perguntado se estava sentindo alguma dor ou sofrendo com dores de cabeças imediatamente após a luta, e ele disse que não tinha nenhuma dor ou dor de cabeça, mas se sentia um pouco cansado – afirmou.

Ainda de acordo com Michlic, diante das respostas, o lutador foi aconselhado a ir ao médico.

– Foi explicado a ele que ele tinha que visitar o centro médico que foi criado no local e depois ele foi levado para o hospital, pois os médicos recomendaram que ele passasse por um exame completo depois da luta. Nesse ponto, o lutador estava caminhando, falando e sorrindo. Tudo parecia bem e os médicos começaram a preparar a ambulância para levá-lo ao hospital. Dez minutos depois, ele começou a reclamar que estava sofrendo com dores de cabeça, sentiu muita náusea e começou a vomitar. Cinco minutos depois, ele piorou significativamente, então o colocamos na ambulância e fomos para o hospital.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA