Ideia de mais uma competição sugerida pela Primeira Liga é vetada pela CBF

A ideia da Primeira Liga, de criar a Copa dos Campeões, um torneio que reuniria os campeões da Primeira Liga, da Copa do Nordeste, da Copa Verde e do Campeonato Paulista, não foi bem recebida na CBF.

Durante as palestras que tratam do calendário do futebol brasileiro, dentro da Semana de Evolução do Futebol Brasileiro, realizado na sede da entidade, a proposta, que ainda não chegou à CBF, foi criticada por Ricardo Rocha, integrante do comitê de reformas da CBF.

— Já temos 14 competições e agora chega mais uma. Não dá, tem que moralizar. Não sou contra a Liga, mas tem que ter um parâmetro e alguma hora isto tem que parar, porque não tem data — disse o ex-jogador, comentarista do Sportv.

Na véspera, Dunga já havia criticado a Liga, pela sobreposição de datas no calendário. Nesta terça-feira, em sua palestra, o diretor de competições da CBF, Manoel Flores, ao mesmo tempo em que descartou a extinção dos campeonatos estaduais, questionou a intenção da Liga criar uma vaga para a Libertadores através da Copa dos Campeões.

— Não seria muito justo para um time que disputa todo o Brasileiro, chega em quarto, consegue a sua vaga na Libertadores, e assiste a outra equipe obter uma classificação em competição mais curta — disse Flores:

— Sou contra acabar com os estaduais. Talvez, eles devam passar por uma readequação.

A redução significa acabar com, ao menos, três datas dos estaduais. A ideia está em debate no comitê de reformas da CBF, mas está longe do consenso.

— O que pode ser bom para um estado, é ruim para outro. Ainda temos que debater — disse Carlos Alberto Parreira, que também integra o comitê.

— São 19 datas estaduais e há a discussão para uma possível redução. Mas temos 27 federações distintas e o que se aplica na Federação Paulista não pode ser replicado na federação de menor porte. O calendário não é feito para 10 clubes, mas para o Brasil inteiro — completou Flores.

ver mais notícias