Entrada do Flamengo em campo em Manaus frustrou torcedores mirins

A polêmica entrada do Flamengo em campo antes do início do clássico contra o Vasco, neste domingo, na Arena da Amazônia, em Manaus, deixou um grupo de mascotes rubro-negros frustrados. As crianças aguardavam o time sair do vestiário para entrarem no campo junto com os jogadores, mas os atletas, com o capitão Wallace a frente carregando uma bandeira do clube, saíram correndo e ignoraram o tradicional protocolo de entrar em campo junto com o time rival e conduzindo seus próprios mascotes.

Os jogadores entraram correndo no gramado, e saudaram a torcida depois que Wallace fincou a bandeira rubro-negra no centro do campo. As crianças rubro-negras acabaram entrando em campo depois, ao mesmo tempo em que o time do Vasco ia para o gramado com os seus mascotes.

Após a derrota por 2 a 0 que eliminou o time rubro-negro do Campeonato Carioca, o técnico Muricy Ramalho negou que a sua equipe tenha entrado em campo pilhada demais para o clássico.

– O time entrou normal, é um jogo duro. Nada demais. Não temos essa maneira de trabalhar pondo pilha nos jogadores. Não teve nada de especial – garantiu o treinador.

Com a derrota, o Flamengo agora volta suas atenções para a disputa do Campeonato Brasileiro daqui a três semanas. Já o Vasco, que não perde para o rival há nove partidas, fará a decisão do Campeonato Estadual contra o Botafogo, algoz do Fluminense na semifinal.

ver mais notícias