Desfigurado, Fluminense enfrenta o Criciúma nesta quinta

Os clubes brigaram pela realização da Primeira Liga que, hoje, terá o seu quarto jogo em que ao menos um dos times usará reservas. Será o caso de Fluminense e de Criciúma, que se enfrentam em Juiz de Fora, às 21h45m. No entanto, a decisão tricolor se baseou no diagnóstico de que um elenco que brigou até as últimas rodadas para se classificar no Estadual e que terá dois clássicos pela frente na Taça Guanabara precisava de recuperação.

Ao assumir, Levir Culpi conversou com a comissão técnica que já estava no clube. Ouviu que a sequência recente de partidas e o calendário que está por vir impunham um duro desafio. O Fluminense bateu o Friburguense nos minutos finais, na última quarta-feira. No domingo, venceu o América e garantiu sua vaga. Para piorar, a tabela da Taça Guanabara, montada de acordo com a classificação final da primeira fase do Estadual, indicou dois clássicos seguidos para o tricolor: no domingo, contra o Botafogo, e no dia 20, contra o Flamengo. Antes deles, há o jogo de hoje, que vale vaga na semifinal da Primeira Liga.

O planejamento pretende não “esticar demais a corda” para não comprometer o restante do ano. O peso dos resultados nos clássicos locais também influi. Um bom desempenho contra os rivais traria paz ao clube, em especial no início do trabalho de Levir.

O novo treinador ensaiou ontem um time muito modificado. Dos titulares, só o goleiro Diego Cavalieri, o volante Pierre e o zagueiro Henrique vão jogar hoje à noite. Um grupo de titulares nem viajou para Juiz de Fora: Wellington Silva, Giovanni, Édson, Cícero, Diego Souza e Gustavo Scarpa. Além deles, Marcos Junior e Magno Alves estão vetados por lesão.

Com tantos desfalques, caberá ao jovem Pedro, de 19 anos, ser o centroavante. Ele marcou um dos gols do time na final do Campeonato Brasileiro sub-20, contra o Vitória, em Salvador.

— Não se trata de priorizar uma ou outra competição. Vamos tentar ganhar as duas — disse Renato Chaves.

Festival de reservas

O caso é que, se os motivos variaram de clube para clube, a realização da Primeira Liga junto com as demais competições do calendário sobrecarregou os times. O Grêmio usou reservas contra o Avaí, na primeira rodada; depois, Atlético-MG e Figueirense fizeram um duelo de reservas; por fim, o Galo voltou a poupar titulares diante do América-MG.

O Fluminense precisa vencer. Se o Atlético-PR perder para o Criciúma, o tricolor estaria classificado como primeiro do grupo. Caso fique em segundo,dependerá de outros resultados.

ver mais notícias