Coreia do Sul se veste contra zika e dengue para o Rio

Seul A preocupação com o mosquito Aedes aegypti, que transmite zika e dengue, durante os Jogos Olímpicos alcançou um novo patamar. Nesta quarta-feira, a delegação da Coreia do Sul apresentou o uniforme da delegação que será utilizado na Cerimônia de Abertura e de premiação, nos treinos e na vila olímpica. O mais inusitado é que as calças e camisas virão tingidas com repelente.

A Coreia do Sul pretendia, inclusive, usar esta tecnologia nos uniformes de competição, mas não teve grande sucesso no desenvolvimento da tecnologia, que atrapalhava o desempenho esportivo.

Até o momento, delegações como as dos Estados Unidos e Reino Unido já haviam demonstrado preocupação com esses dois vírus, mas apenas se limitaram a orientar suas delegações com um guia de informações. A Coreia do Sul também deve fazer o mesmo.

As autoridades públicas brasileiras acreditam que a zika e a dengue não serão problemas durante os Jogos, pois o inverno carioca não favorece a proliferação do mosquito. No entanto, a própria Rio-2016 não perdeu tempo e já lançou o repelente oficial do megaevento.

ver mais notícias