Após a derrota, imprensa espanhola começa a questionar o Barcelona

A derrota do Barcelona para o Atlético de Madrid que causou a eliminação precoce do clube catalão da Liga dos Campeões da Europa fez o time do técnico Luis Enrique começar a ser questionado na imprensa espanhola. Um dia depois dos 2 a 0 no estádio Vicente Calderón, o jornal “Sport”, da Catalunha, listou cinco razões para a queda do clube, que agora só poderá lutar pelos títulos do Campeonato Espanhol e da Copa do Rei.

Um deles diz que o trio Messi, Suárez e Neymar esteve desaparecido nos últimos jogos. Segundo o jornal, o trio MSN falhou nos momentos decisivos na temporada, com a derrota para o Real Madrid em casa, pela liga espanhola, e os confrontos contra o Atlético de Madrid pelas quartas de final do torneio europeu.

Messi, aliás, amarga um jejum de cinco jogos sem fazer gol ou dar uma assistência. É a primeira vez que o craque vive um jejum parecido.

Mas as críticas não foram só para o ataque. A defesa também foi criticada pela falta de solidez, o que foi mostrado não apenas no jogo desta quarta-feira, mas também no empate contra o Villarreal e a derrota para a Real Sociedad. Já o meio-campo foi visto como um setor com jogadores muito desgastados, que vêm jogando muito.

Além disso, o técnico Luis Enrique também foi questionado por não ter preparado um plano B para a forte marcação do Atlético de Madrid de Simeone, algo que já se sabia que aconteceria por causa dos últimos confrontos entre as duas equipes nas últimas temporadas. O “Sport” ainda afirma que “Simeone venceu a batalha tática contra o técnico azul-grená”.

A imprensa espanhola também questionou a falta de opções no banco de reservas para mudar a partida. O Barcelona tinha Bravo, Bartra, Adriano, Douglas, Sergi Roberto, Arda Turan e Munir. Nenhum deles poderia ter mudado a cara do jogo.

“O Barcelona está perdido desde que Pedro foi embora. Urge contratar um quarto atacante”, diz o “Sport”.

ver mais notícias