Em duas horas, hackers roubam R$ 45 milhões de caixas eletrônicos no Japão

RIO — Um golpe audacioso gerou prejuízo de 1,4 bilhão de ienes, cerca de R$ 45 milhões, no Japão. No início do mês, uma ação coordenada com no mínimo cem pessoas realizou 14 mil transações fraudulentas, em 1,4 mil caixas eletrônicos espalhados por Tóquio e outras 16 cidades do país, tudo isso no período de duas horas.

De acordo com as autoridades, os criminosos usaram dados oriundos de um ataque hacker contra o Standard Bank, da África do Sul, para produzir cartões de crédito falsos e realizar saques de 100 mil ienes (R$ 3,2 mil), o maior valor diário permitido, de máquinas de sete bancos diferentes.

O ataque aconteceu na manhã do último dia 15, um domingo. De acordo com o jornal local “Mainichi”, a polícia japonesa está trabalhando junto com autoridades da África do Sul e da Interpol para tentar identificar como os dados dos cartões de crédito foram vazados. Imagens de câmeras de segurança também estão sendo utilizadas para tentar identificar os criminosos.

Os saques aconteceram nas cidades de Tóquio, Ibaraki, Tochigi, Gunma, Saitama, Chiba, Kanagawa, Niigata, Yamanashi, Nagano, Shizuoka, Aichi, Osaka, Hyogo, Fukuoka, Saga e Nagasaki. Os investigadores acreditam que a ação foi realizada fora da África do Sul para tentar atrasar as investigações, e que os mais de cem criminosos mantinham contato próximo para a ação coordenada.

ver mais notícias