Testemunhas de defesa de Mouhamad Moustafa: Josué Neto, Wilson Alecrim e Pedro Elias

Médico envolvido no maior escândalo de desvio de dinheiro público da saúde convocou os ex-secretários Evandro Melo, Wilson Alecrim, Pedro Elias, Raul Zaidan e o deputado Josué Neto

O médico e empresário Mouhamad Mustafa, apontado como o líder da organização criminosa que desviou cerca de R$ 110 milhões do Fundo Estadual de Saúde, que foi preso durante a operação “Maus Caminhos” listou como testemunhas de defesa um time “de peso”: quatro ex-secretários estaduais, o ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM) deputado Josué Neto (PSD), o ex-subcomandante da Polícia Militar (PM-AM), Aroldo Ribeiro, dentre outros.

O grupo testemunhará a favor de Mouhamad no processo que tramita na 4ª Vara Criminal da Justiça Federal e que tem como relatora a juíza federal Ana Paula Serizawa Silva Podedworny. Para testemunhar em sua defesa, Mouhamad convocou testemunhas de peso, aliados do governo estadual. São eles: o ex-secretário de Administração do Governo (Sead) Evandro Melo (Pros); os ex-secretários de Saúde (Susam), Wilson Alecrim, que comandou a pasta por cinco anos, e Pedro Elias, que permaneceu à frente da secretaria por um ano e meio; e o ex-chefe da Casa Civil, Raul Zaidan.

O empresário convocou também o presidente da Comissão Geral de Licitação do Governo do Estado (CGL), Epitácio de Alencar e Silva Neto, e o ex-presidente do Instituto de Cirurgia do Estado do Amazonas (ICEA), Julio Cezar Furtado de Queiroz.

ver mais notícias