Apresentador é condenado a pagar R$ 15 mil por chamar recepcionista de favelado

O apresentador Bruno de Luca terá que pagar uma indenização de R$ 15 mil por chamar um recepcionista do hotel ‘Majestic’ de “favelado”, “pobre de m****” e “vagabundo”. O caso aconteceu em 2009, mas só agora teve um desfecho.

De acordo com informações, o apresentador iniciou a briga quando o funcionário do hotel pediu que ele diminuísse o som em seu quarto. Na ocasião, Bruno estava visivelmente bêbado, assim como a amiga de Bruno e atriz Lívia Lemos, que chegou a agredir o recepcionista.

No entanto, Bruno ainda pode recorrer da decisão.

ver mais notícias