Atriz lésbica assumida critica o preconceito e diz que o Brasil é gay

Maria Zilda Bethlem e sua companheira

 

“Eu acho que o Brasil é gay. Aliás, acho que o mundo é gay. Disse a atriz

Maria Zilda Bethlem, que esta longe das novelas desde o fim de “Eta Mundo Bom”, no ano passado, a atriz assumiu sua homossexualidade e disse que é casada com uma arquiteta desde 2008, critica o preconceito no Brasil.

“Eu acho que o Brasil é gay. Aliás, acho que o mundo é gay. É verdade. Agora, [não posso negar que] tem essa meia dúzia de preconceituosos. Sim, porque isso [homofobia] é um preconceito, como você não gostar de preto, de judeu, de macumbeiro, de anão”, declarou ela.

 

 

 

ver mais notícias