Sidney Leite, Angelus Figueira, Thomé Filho e outros entre inelegíveis do TCU

Ratificando o trabalho que o Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) já vem fazendo há três meses, o Tribunal de Contas da União (TCU) divulgou na tarde desta quinta-feira, dia 9, o seu listão de prefeitos e ex-prefeitos dos municípios amazonenses que hoje estariam inelegíveis.

Assim como na lista do TCE, figuras conhecidas da política no Amazonas são citados em processos já transitados em julgado, de 2008 até esta data.

Destacam-se:

Sidney Leite (Maués, atual secretário de Produção do estado);

Angelus Figueira (Manacapuru);

Bruno Ramalho (Carauari);

Anderson Souza (Rio Preto da Eva);

Eliete Beleza (Santa Isabel do Rio Negro);

Dissica Valério (Eirunepé);

José Ribamar Beleza (Barcelos);

Thomé Filho (Autazes);

Wanderlan Sampaio (Autazes);

Romeiro Mendonça (Presidente Figueiredo);

Irizaldo Araújo (Nova Olinda do Norte);

Wilson Lisboa (Fonte Boa);

Adail Pinheiro (Coari);

Sebastião Maciel (Nova Olinda do Norte);

Abraham Lincoln Dib Bastos (Codajás);

Enéas Gonçalves (Parintins);

Hélio Bessa (Tefé);

Sidônio Gonçalves (Tefé e Alvarães);

Gilvan Seixas (Barreirinha).

Essa lista vai ser atualizada até o dia 5 de julho, quando será enviada à Justiça Eleitoral, que se encarrega de divulgar a relação final dos políticos “fichas-sujas” por irregularidades na prestação de contas do uso de dinheiro público.

O TCU alerta que essa relação definitiva trará políticos que tiveram “contas rejeitadas por irregularidade insanável e por decisão irrecorrível daquela corte”.

Com Informações Portal BNC

ver mais notícias