Presidente da Câmara baixa novas medidas de economia

A portaria 48 da presidência da Câmara Municipal de Manaus (CMM), publicada no Diário Oficial da Casa Legislativa na última segunda-feira (16), determinou novas medidas para a economia de despesas na Casa, especialmente no gasto com conta de luz e viagens de vereadores. De acordo com o presidente Wilker Barreto (PHS), as medidas visam reduzir custos e evitar cortes drásticos, considerando a atual conjuntura econômica.

“São medidas de autoridade simplória, mas que vão fazer diferença na conta de luz de pelo menos mil reais a menos por mês”, destacou o presidente. Ainda segundo a portaria, as medidas de economia também atendem às exigências para a certificação da ISO 14001.

Conforme a primeira determinação da portaria, as Audiências Públicas agendadas para serem realizadas na Casa, quando tiverem número inferior a 40 convidados e palestrantes, deverão ocorrer no Auditório Silvino Santos ou em uma das salas das Comissões da CMM, localizadas no térreo.

Outro ponto da portaria é que, a partir de 1º de julho deste ano, não serão pagas nem passagens aéreas ou diárias para vereadores e servidores. De acordo com o presidente, cada gabinete deverá arcar com suas próprias despesas se houver necessidade de alguma viagem.

A terceira determinação, visando economia de combustível e papel, é que os convites para audiências públicas, solenidades ou outras reuniões sejam enviados por via eletrônica.

Fonte Portal Fato Amazônico

ver mais notícias