Eduardo Braga diz que Rotta, Hissa, Marcelo e Serafim são os melhores candidatos para disputar prefeitura de Manaus

Em áudio que gravou para o programa semanal que mantém na Rádio Cidade, levado ao ar sem grande destaque no sábado passado, dia 18, o senador Eduardo Braga (PMDB) comentou que a corrida política este ano na capital será bastante disputada e citou quatro pré-candidatos a prefeito de Manaus que, para ele, são as melhores opções.

Os bons nomes, em sua opinião, incluem o deputado Marcos Rotta, que é de seu partido, o deputado federal Hissa Abrahão (PDT), e surpreendentemente incluiu dois adversários: o deputado estadual e ex-prefeito Serafim Corrêa (PSB) e o ex-deputado estadual Marcelo Ramos (PR), que foi a pedra em seu sapato nas eleições de 2014 e que provou o inédito segundo turno entre Braga e o governador José Melo (Pros).

“Eu espero que Deus possa abençoar nosso povo com sabedoria para escolher as melhores propostas para os próximos quatro anos nos municípios do interior e da capital do Amazonas. O meu partido, PMDB, deverá ter candidatura própria. Nós estamos nos organizando na nossa aliança e esperamos poder caminhar, mas eu reconheço que tem outros nomes muito bons sendo colocados. Eu cito aqui no nosso partido o nome do Marcos Rotta, no nome do PDT, o Hissa, do PR, o Marcelo, o Serafim, no PSB. Enfim, têm muitos nomes que estão se colocando e eu acho que vai ser uma eleição bastante disputada e não será por falta de opção que o eleitor não escolherá o melhor projeto”, analisou Braga.

O comentário do senador se insere na análise corrente que se ouve nos bastidores da política de Manaus de que a pulverização de candidaturas, com nomes fortes, será o principal adversário do prefeito Arthur Neto, que definhou nos últimos dois anos e ficou com pouca gordura para gastar em sua reeleição.

No caso dos nomes citados, nenhum é de primeira viagem e todos de grande densidade eleitoral.

Serafim Corrêa, por exemplo, já foi prefeito de Manaus e em 2014, o mais votado na capital nas eleições para deputado estadual, obtendo 35.047 (96%) dos 36.501 que lhe deram o mandato em todo o Estado.

Marcelo Ramos, também em 2014, como candidato a governador, foi o fenômeno. Obteve 167.687 votos, o que representou 17,31% do eleitorado da capital. Em todo estado, Marcelo teve 179.758 votos. Ou seja, ele teve 93,2% dos votos só em Manaus.

Hissa Abrahão também tem forte eleitorado na capital. Em 2014, dos 113.646 votos que teve a deputado federal em todo o Estado, 94.986 (83,5%) foram em Manaus.

Marcos Rotta idem: dos 117.955 votos que recebeu em 2014, 88.766 (75,2%) foram de eleitores de Manaus.

Ou seja: mais do que uma análise, o comentário de Braga pode ser o desejo do senador em ver um cenário político complicando o projeto de reeleição do tucano Arthur Neto.

Informação BNC http://bncamazonas.com.br/2016/06/21/rotta-hissa-marcelo-e-serafim-sao-os-melhores-em-2016-na-opiniao-de-braga/

ver mais notícias