Aliança PT-PCdoB é fechada com Zé Ricardo, prefeito, Yann de vice

Após três meses e longas conversas sobre quem iria encabeçar a aliança PT-PCdoB para a disputa pela Prefeitura de Manaus, os dois partidos chegaram a um acordo no início da tarde desta sexta-feira, dia 29.

121541_697x437_crop_579bfda8c413fEsse acordo prevê que o deputado estadual José Ricardo (PT) irá encabeçar a campanha e que o comunista Yann Evanovick, com o recuo de Eron Bezerra, será seu parceiro como candidato a vice.

A decisão foi tomada pelo PCdoB no fim da noite de quinta-feira, dia 28, e fechada em uma reunião com a participação da cúpula petista no gabinete da senadora Vanessa Grazziotin, em Manaus.

O anúncio da chapa PT-PCdoB, que só devem coligar na disputa majoritária, ocorrerá na tarde desta sexta e será formalizada amanhã, sábado, dia 30, em convenção conjunta que as duas legendas realizarão no Clube Municipal, na avenida Torquato Tapajós, às 9h.

Desde o início da pré-campanha eleitoral, as duas siglas que haviam lançado candidatos diferentes entendiam que deveria marchar juntas, mas nenhuma delas abria mão da cabeça de chapa.

O ponto convergente entre as agremiações partidárias é a aliança nacional que transformou o PCdoB, com a atuação de Vanessa no Senado, no maior defensor governista contra o que os dois partidos chamam de golpe no impeachment da petista Dilma Rousseff.

A propósito, é com esse sentimento que PT e PCdoB vão para a disputa municipal, tentando vender para a opinião pública a ideia de que Manaus terá dois polos: os que defendem a democracia (PT e PCdoB) e os que defendem o “golpe”.

Informações e fotos BNC

ver mais notícias