CM7

     
 
 
Manaus, 18 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Arquivo / Rio de Janeiro / Sem salários, servidores do Judiciário ameaçam parar

Sem salários, servidores do Judiciário ameaçam parar

Da redação | 30/06/2016 13:00

RIO — Servidores do Poder Judiciário ameaçam cruzar os braços caso não recebam seus salários até o final do dia. Por causa da crise do Estado, o Executivo não terminou de repassar para o poder os duodécimos para o pagamento do funcionalismo. De acordo com o sindicato da categoria, os repasses para o Judiciário só estão sendo feitos pela Secretaria de Fazenda nesta quinta-feira (30), dia em que as quantias já deveriam estar na conta bancária dos servidores.

— Por enquanto não caiu no salário de ninguém. Estamos aguardando até o final do dia. Não repassaram o duodócemo, apenas parte. Por enquanto não chegou o suficiente para pagar os servidores. Se não chegar o crédito, vamos parar — disse Alzimar Andrade, diretor do Sindicato de Servidores do Poder Judiciário do Rio. — A catogoria decidiu, desde que voltamos da última greve, que estavamos em estado de greve e se houvesse atraso a gente pararia imediatamente.

Já os servidores do Executivo ainda não receberam a segunda parcela de seus salários de maio, e o repasse sequer teve a data definida pelo governo, que aguarda o recebimento de R$ 2,9 bilhões provenientes de uma ajuda da União para a segurança dos Jogos Olímpicos.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA