CM7

     
 
 
Manaus, 17 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Arquivo / Atualidades / Dr. Rey será candidato à presidência: ‘Vou tirar o Brasil da miséria’

Dr. Rey será candidato à presidência: ‘Vou tirar o Brasil da miséria’

Da redação | 05/12/2016 21:02

naom_5845dda569fe5A vitória inesperada de Donald Trump à presidência dos EUA deixou o cirurgião plástico Dr. Rey ainda mais esperançoso em governar o Brasil. O paulistano, mais conhecido como Dr. Hollywood, afirma que vai se candidatar à presidência da república nas eleições de 2018 e acredita na vitória.

 

Em entrevista ao jornal ‘Extra’, o médico falou sobre o assunto: “Vou tirar o Brasil da miséria”, prometeu ele, durante um discurso no sábado, na noite de autógrafos da sua autobiografia, no evento promovida pela “Revista Lagos”e pelo salão “Beach & Charm”, em Búzios, na Região dos Lagos.

Empresário e apresentador de TV, Roberto Miguel Rey Júnior, de 55 anos, diz que tem planos ousados para o Brasil e prometer acabar de vez com a corrupção e elevar a economia do país através da redução de impostos. Ele se espelha em ideias e no conservadorismo de Trump para mudar a nação.

Cogintando se pré-candidatar pelo Partido das Mulheres (PMB), Rey disparou: “Vamos valorizar o indivíduo, baixar os impostos e criar o maior ambiente corporativo do mundo. Vou dar esperança para essa geração” afirmou ele.

Ainda segundo a publicação, Dr. Rey foi candidato a deputado federal em 2014, quando recebeu 21.371 votos e não foi eleito. Ele credita à derrota ao fato de não ter se rendido à corrupção no país.

“Fiz a minha campanha honestamente. Desgastei três sapatos em três meses de campanha, de porta em porta. No Brasil, o voto é comprado, por isso que eu não ganhei. No fim do dia das eleições me pediram um ‘cachêzinho’. Eu venho de outro planeta. Eu vejo o Brasil objetivamente, e o país precisa de alguém de fora, que não tem a lama da política. Politicagem é ruim. Eu venho não só de fora da política, mas de outro planeta. Eu já sou milionário. Vou pagar a minha própria campanha e não dever favores. O Trump ganhou e pagou a campanha dele. Ele deve zero favores. Tudo o que eu fiz na minha vida foi pensando em um dia ser presidente do Brasil”.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA