CM7

     
 
 
Manaus, 17 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Amazonas / PIM / Vice-presidente do Santander diz que é cedo para fazer prognósticos após nomeação de Lula

Vice-presidente do Santander diz que é cedo para fazer prognósticos após nomeação de Lula

Da redação | 16/03/2016 18:20

O vice-presidente do Santander Brasil, Conrado Engel, afirmou nesta quarta-feira que ainda é muito cedo para fazer prognósticos sobre a política econômica, após a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Casa Civil.

— Esse é um acontecimento muito recente, não dá para fazer uma previsão. Vamos esperar os passos que essa nova estrutura de gestão em Brasília vai dar nos próximos dias — afirmou Engel, em evento com investidores no Museu no Amanhã, no Centro do Rio. — O mercado às vezes tem reações um pouco fortes, mas logo depois entra no caminho que deve ser.

Conrado Engel se mostrou reticente com a possibilidade de utilização de reservas cambiais para turbinar o investimento, política defendida por algumas alas do governo.

— É algo meio complicado, exitem regras para utilização das reservas, pois elas são um seguro importante para o Brasil. Isso tem que ser muito bem discutido, é preciso entender o que significa utilizar as reservas.

Engel também afirmou que o Santander avalia a possibilidade de comprar as operações de varejo do CitiBank no Brasil.

— Vamos olhar todas as alternativas de crescimento inorgânico no Brasil com muito cuidado. A operação de varejo do Citi, embora seja pequena na comparação com o Santander, tem uma participação importante no seguimento de alta renda.

O executivo afirmou, porém, que o processo de venda do Citi está em fase inicial e tem outros potenciais compradores em negociação.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA