Quem é a Mulher que dividiu a opinião pública no Amazonas? Conheça a desembargadora Socorro Guedes

O nome dela está nos noticiários locais praticamente todos os dias na última semana, mas não é pelo o que ela almoçou, vestiu ou para onde viajou, e sim por decidir sobre o afastamento ou não de José Melo do cargo de Governador.

Durante os recursos do Governador José Melo na tentativa de ficar no cargo após sua cassação, a desembargadora Maria do Perpétuo Socorro Guedes Moura foi um nome forte e importante para os rumos do Amazonas.

Nos dias de hoje, onde se fala muito sobre o empoderamento das mulheres na sociedade, Socorro Guedes é um nome para se acompanhar e um modelo a seguir.

A Desembargadora é a terceira mulher a comandar a corte eleitoral do Amazonas, tomou posse em 2014 e deve ficar até este ano e também foi a primeira mulher, em 2003, a se tornar Procuradora Geral de Justiça no Estado.

Ingressou no Ministério Público do Amazonas em 1987 e exerceu a titularidade das Promotorias de Justiça dos municípios de Anori, Codajás e Manacapuru. Após 17 anos dedicados ao MPE foi nomeada para o cargo de desembargadora do TJAM pelo Quinto Constitucional, em 17 de dezembro de 2004.

Socorro Guedes tem uma retórica bem trabalhada e sempre sabe o que falar e quando falar.

“Não há outra Justiça que esteja mais perto da democracia popular tal como se encontra a Justiça Eleitoral”, disse Socorro durante sua posse no TRE-AM.

“Tudo que sou não é somente meu, mas daquelas pessoas que me dão suporte. Isso só faz reforçar meu compromisso em continuar lutando. O que todos esperam é que possamos lutar pela Amazônia. Sentimo-nos orgulhosos em morar e lutar por ela. Estou muito feliz em receber esta honraria. Temos de ter fé e procurar fazer um mundo melhor, mas sempre com união” disse a desembargadora Socorro Guedes durante o recebimento da medalha Grande Amazônidas 2014.

“Entendo que a alternância de chefia do Poder Executivo, neste momento, reconhecido por todos nós, traz insegurança, intranquilidade e descontinuidade do serviço público. Não precisamos de mais crises, nosso povo precisa de paz”, justificou Socorro Guedes ao divulgar sua decisão pela permanência de José Melo no Governo do Estado.

ver mais notícias