Manaus é uma das cidades do Brasil que mais trai, diz pesquisa

Qual o Pais que mais trai? Em primeiro lugar ficou a Tailândia, com 56% dos casados admitindo que já tiveram um caso, seguido por Dinamarca (46%) e Alemanha (45%).

Daí que começou a pesquisa para saber no Brasil, qual é a o Estado que mais trai, a pesquisa foi feita em 2003

O Brasil não entrou na lista. Mas isso gerou uma discussão: quais são os estados mais infiéis do nosso país?

A USP realizou uma levantamento com 4 mil pessoas de 17 cidades para chegar a essa resposta. A revista Superinteressante publicou uma matéria do assunto.

Se dependesse dos homens brasileiros, teríamos entrado — e forte — no ranking internacional: 55% dos casados já pularam a cerca. As garotas são mais comportadas, ficando em 22%.

Qual é a explicação disso? Carmita Abdo, a coordenadora da pesquisa da USP, diz:

Primeiro, devemos ter em mente que o homem tem um hormônio sexual muito potente, o andrógeno. Isso pode gerar maior agitação sexual em relação à mulher, influenciada por um hormônio mais suave, o estrógeno. Em segundo lugar, a cultura brasileira dá ao homem liberdade para fazer sexo e diversificar suas conquistas.

Ela também afirma que, em geral, os homens traem pela satisfação física, enquanto as mulheres pela afetiva.

Outro fator que pesa no adultério é a idade. Do lado masculino, os campeões de infidelidade são os homens de meia-idade. Do lado feminino, são as esposas jovens.

E enfim chegamos à discussão que deu origem a este post: quais são os estados mais infiéis? em 2003 

Nossos grandes campeões de infidelidade, portanto, são os baianos,amazonenses e as cariocas.

“No Brasil, a mulher carioca é vista como um símbolo de sexualidade e liberdade”.

“Já o homem baiano é o herdeiro de uma tradição machista que dá ao sexo masculino o ‘direito’ de ter várias parceiras.”

“Os Amazoneses pelo estilo selvagem e quente das cidade, apropriados para o desejo, já que as roupas são poucas devido ao grande calor.”

Em 2015, Manaus foi a cidade nacional da infidelidade, e grande parte vem das mulheres amazonense, 67% das mulheres traem seus maridos e companheiros em Manaus. Os Homens considerados os machões ficaram com 20% da pesquisa, porque os outros 13% ficou para infidelidade não declarada, aqueles que não sabiam dizer se estavam traindo ou dando o troco.  Em Manaus os locais onde mais acontece traições são nas academias e salões de beleza ( Mulheres) e homens no local de trabalho e os famosos encontros do Futebol.

A pesquisa mostrou também a idade mais comum para os casos extraconjugais. Entre as mulheres, as meninas jovens são as mais saidinhas. No caso dos homens, o título da traição vai para o chamado “gatão de meia-idade” (ou “tiozinho da Sukita”, dependendo da situação): o homem entre 40 e 50 anos. Outro aspecto curioso é que a infidelidade varia de acordo com a região do país. 

Locais dos encontros, onde as traições acontecem com mais frequência:

Carro, Motel, Casa de encontros e academias 

Quase 90% das traições conjugais ocorrem via smartphones ou tablets o Whatsapp é o recordista em adultério e mensagens pornográficas

Uma pesquisa feita pelo site europeu de relacionamentos Victoria Milan, presente em mais de 33 países e direcionado a pessoas comprometidas, revelou que 89% de seus usuários utilizam smartphones ou tablets para cometer adultério. O levantamento ouviu 11 050 clientes cadastrados na rede.

Entre os entrevistados, 13% disseram não ter medo de serem descobertos por seus cônjuges. Outros 23% afirmaram que enviam mensagens de texto de cunho sexual aos amantes enquanto estão na companhia do parceiro. 

Segundo o fundador da empresa, Sigurd Vedal, é frequente que os casos extraconjugais não saiam do meio virtual, de forma que o flerte cibernético já seja suficiente para satisfazer as pessoas.

Fonte: Pesquisa do Projeto Sexualidade

ver mais notícias