Lucilene Castro e Márcia Siqueira cantam em homenagem ao Dia das Mães

Lucilene Castro e Márcia Siqueira cantam em homenagem ao Dia das Mães

Artistas com carreira consolidada no Amazonas, as cantoras Lucilene Castro e Márcia Siqueira se apresentam nesta sexta-feira (12), no Caboclo Culinária Amazônica (Av. Santos Dumont, 2220, Tarumã – ao lado do Posto Equador do Aeroporto Eduardo Gomes). O show será em homenagem ao Dia das Mães e inicia às 21 horas.

A apresentação faz parte do projeto ‘Caboclo Musical’, que acontece sempre as sextas-feiras com uma atração musical de qualidade. Nesta noite, serão vendidas mesas ao custo de R$ 100 (mesa para quatro lugares).

A banda que acompanhará as cantoras será formada por Jonilson Reis nos teclados, China na bateria, Hudson Alves no contrabaixo e Neil Armstrong Jr. no violão. E o repertório deve incluir canções que embalam o tradicional Dia das Mães como “Como é Grande o Meu Amor Por Você”, composição de Roberto Carlos e “Eu Sei que vou te Amar”, de Tom Jobim; “Fico Assim com Sem Você”, versão de Adriana Calcanhoto.

O show ainda terá uma grande mistura musical e o Caboclo Culinária Amazônica se transforará em uma grandes pista com sucessos dos anos 70, nas versões nacionais e internacionais, como: “Como Uma Deusa”, sucesso da cantora Rosana, “Vale Tudo” e “Não Quero Dinheiro”, de Tim Maia; “Dancing Days”, das Frenéticas. E mais as composições que fizeram sucessos mundo a fora: “I Will Survive”, “Le Freak”, “I Feel Love” e “Don’t Leave Me This Way” e muitas outras.

Tributos e Clássicos

Lucilene Castro e Márcia Siqueira também aproveitam a data especial para revisitar o repertório do cantor e compositor Belchior, que morreu no último dia 29. Clássicos e hits como, “Rapaz Latino Americano”, “Como Nossos Pais” e “Velha Roupa Colorida”, serão entoada pelas cantoras Lucilene Castro e Márcia Siqueira.

No show, no primeiro solo, Lucilene incluiu em sua apresentarão algumas das canções gravadas em seus oito disco. “Amazonas” e “Pandeiro é Meu Nome”, ambas de Chico da Silva. Ela incluiu músicas de grandes e novos compositores que enriquecem o cenário da Música Popular Amazonense (MPA), entre eles, Nicolas Junior, Junior Rodrigues, Eliankin Rufino, Neuber Uchoa, Ruy Barata, entre outros.

Em seguida, Márcia Siqueira faz um revival em sua trajetória musical e passeia por canções dos eu quatro discos: “Canto de Caminho”, “Encontrar Você”, “Nada a Declarar” e o mais recente “Encontrar Você”.

Os tamborins do samba também constam na relação de canções do show: “Feitio de Paixão” (Paulinho Tapajós/Paulo Onça), “Brasileira” (Lucinha Cabral), “Parti do Alto” (Junior Rodrigues/Ulisses Farias) e “Sentimento Doce” (Chico da Silva).

Trajetórias

Lucilene foi a primeira cantora a gravar um CD inteiro somente com toadas de boi-bumbá – o primeiro de sua carreira. Ela possui mais de 20 anos na estrada, já se apresentou em diversas cidades brasileiras e no exterior e é uma das mais atuantes artistas amazonenses, tendo participado de vários projetos de sucesso na cidade. Entre eles: “Maria, Maria”; “Mas podem me chamar de Chico”; “Elas cantam Samba”, este último com a gravação do CD/DVD marcada para deste ano março.

O primeiro trabalho lançado em 2001, intitulado “Canto de Caminho”, traz um som completamente regional com faixas retratando o cotidiano, lendas e crenças do amazônida. Também trabalhando com a temática regional, a amazonense participou do cd “Natal na Floresta”, lançado em 2002, com a antiga formação do grupo “Raízes Caboclas”.

Marcia Siqueira iniciou sua carreira cantando na igreja. Em 2001, ela grava seu primeiro disco “Canto de Caminho”, pelo projeto “Valores da Terra” Em 2003, a cantora lançou o disco “Encontrar Você”, com músicas de amigos do Piauí e Amazonas.

O cd “Nada a Declarar” (2008), com canções do artista plástico Rui Machado e parceria com outros artistas locais, trouxe uma Márcia mais romântica.

Fixando-se de vez no mundo do Boi-Bumbá, a cantora apresentou no palco do Teatro Amazonas em 2012 o álbum “Ritual”, fazendo uma homenagem a compositores como Sidney Rezende, Emerson Maia, Pereira e Paulinho Dú Sagrado.

O ‘Caboclo Culinária Amazônica’ funciona a partir das 19 horas e outras informações podem ser obtidas pelo fone(92) 3651-7565 e 98126-7242. 

SERVIÇO: 

Caboclo Musical – Show Especial Dia das Mães Lucilene Castro e Márcia Siqueira

Quando? 12 de maio, sexta-feira, às 21 horas

Onde? Caboclo Culinária Amazônica (Av. Santos Dumont, 2220, Tarumã – ao lado do Aeroporto Eduardo Gomes)

Quanto? R$ 100 (mesa para 4 lugares)

Informações e reservas (92) 98126-7242 e (92) 98141-4380

Sobre o Caboclo – Culinária Amazônica

Nas proximidades do Aeroporto Eduardo Gomes está localizado o restaurante ‘Caboclo – Culinária Amazônica’ que oferece uma experiência gastronômica totalmente voltada aos sabores da região. A proposta é esta mesma: surpreender, atrair e encantar os admiradores da boa mesa com produtos idealizados a partir do sabor da Amazônia!

Discreto por fora, por dentro o restaurante reserva um espaço especialmente decorado, aconchegante e confortável. Com som ambiente e iluminação adequada, Caboclo – Culinária Amazônica proporciona bem estar para dividir ótimos momentos com amigos e familiares. E as sextas-feiras o projeto ‘Caboclo Musical’ coloca em evidência os maiores cantores e músicos do Amazonas.

Além das opções gastronômicas, o restaurante oferece uma seleção especial de bebidas, entre drinks e bebidas em geral.

ver mais notícias