Crise no Governo? Governador faz licitações de compra de livros de educação financeira por R$ 26 milhões

MANAUS – Se o Governador fala que o Governo está em crise financeira e faz cortes de recursos na área da saúde, inclusive com o fechamento de hospitais, como pode fazer uma licitação de livros no valor de  R$ 26.213.901,30???? De acordo com o Termo de Referência do certame, o serviço vai além da aquisição de Coleção de Educação Financeira. São livros didáticos impressos para professores e alunos do 6° ao 9° ano do Ensino Fundamental, um portal de educação financeira, material paradidático e curso de capacitação de professores.

Na modalidade concorrência pública para registro de preço a fim de contratar empresa para o fornecimento de “Coleção de Educação Financeira para o Ensino Fundamental II”. Chama a atenção o valor sugerido no edital de licitação: R$ 26.213.901,30. A licitação está marcada para o dia 2 de junho próximo.

O projeto foi gestado pelo ex-secretário de Educação do Estado, Rossieli Soares da Silva, que deixou a pasta nesta semana (Foto: Divulgação)

Outro detalhe que chama a atenção: apesar de ser material e serviços adquiridos para a Seduc (Secretaria de Estado de Educação), a licitação tem como “órgão participante” a Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda), responsável por promover todos os atos necessários à instrução processual para a realização do procedimento licitatório.

O registro de preço não obriga a Seduc a adquirir a quantidade de livros previstos na licitação, e permite que sejam pagos apenas o material que efetivamente for entregue, de acordo com a demanda da secretaria. Mas o Termo de Referência prevê a entrega de todo o material no prazo de 60 dias, após a formalização do contrato.

Seria interesante investigar a empresa que está por trás dessa licitação, deve ser de amigos do Governador no mínimo.

Conteúdo Amazonas Atual

ver mais notícias