Campanha de combate ao abuso e exploração sexual em Manaus

Nos dias 17 a 20 de maio acontece a Campanha Estadual de Enfrentamento ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, com várias atividades de conscientização destinadas à população. Os eixos temáticos deste ano são mobilização, protagonismo juvenil e ato público.


 
A abertura acontece às 9h, no próximo 17 de maio, no Centro de Mídias da Seduc, localizado na Avenida Waldomiro Lustoza, nº 250, bairro Japiim, zona sul). Por meio de videoconferência será realizada uma convocatória aos outros 61 municípios do Amazonas para que façam adesão à campanha ao longo de todo ano. “
No dia 18 de maio, dia “D” da campanha, haverá uma programação especial na Praça do Congresso, Centro, das 15h às 22h, com atos públicos de crianças, adolescentes e instituições que trabalham com as vítimas de abuso e exploração sexual, abordagens informativas sobre o tema, apresentações culturais (peças teatrais, poemas, bandas musicais), ação de cidadania com emissão de documentação básica (RG, CPF e Carteira de Trabalho), Food Bikes (bicicletas que comercializam alimentos), brinquedos para crianças (pula-pula, piscina de bolinha, escorregador e quebra-cabeça gigante).
 
Food bikes – Um grupo de food bikes, organizado pelo Hotel Go Inn, vai oferecer diversos produtos gastronômicos no local como doces, salgados, sanduíches e bebidas. Parte da renda será revestida a um abrigo que cuida de crianças e adolescentes vítimas de abuso e exploração sexual. 

Manifestações vão ocupar a capital

Cinco grandes manifestações vão acontecer no dia 19, das 8h às 10h, em Manaus. Serão abordagens informativas para pedestres e motoristas na avenida Djalma Batista, no cruzamento com a rua Pará; na avenida André Araújo, no cruzamento com a avenida Umberto Calderaro; no Boulevard Álvaro Maia, no cruzamento com a avenida Maceió; no Terminal 3, localizado no bairro Cidade Nova, zona norte, e  na Feira do Mutirão, no bairro São José, na zona Leste. 
 
Na tarde e noite do dia 19, das 17h às 21h, na Praça de Alimentação do bairro Jorge Teixeira, na rua dos Lírios, ocorre a 2ª edição do Cinema na Rua, onde serão servidos pipoca e refrigerante. Ao mesmo tempo, no local, vai acontecer uma ação de cidadania com emissão de documentação básica (RG, CPF e Carteira de Trabalho). As senhas da ação são limitadas. O filme exibido será o longa brasileiro “Anjos do Sol”, de 2006, do cineasta Rudi Lagemman. A obra conta a história de várias crianças e adolescentes que são comercializados sexualmente.

O encerramento da campanha será no dia 20, na Bola do Produtor do bairro Jorge Teixeira (zona leste). A Prefeitura de Manaus e organizações parceiras vão realizar um circuito educativo com ato público, caminhada e abordagens informativas. 

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), registrou em Manaus de janeiro a abril deste ano, 277 casos de violência sexual, sendo 23 do sexo masculino e 254 do feminino. No mesmo período de 2015, foram registrados 324 casos, a maioria do sexo feminino. Os números da Secretaria de Segurança Pública (SSP) apontam que nos primeiros quatro meses de 2015 foram registrados 387 casos e no mesmo período de 2016, foram 212. A Vara Especializada em Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes possui atualmente 1.836 processos em andamento.

As zonas norte e a leste de Manaus apresentam, entre janeiro e abril de ambos os anos, o maior índice de registros de casos de violência sexual ou abuso. Conforme o histórico das ocorrências, são nos fins de semana e nos períodos da tarde e noite quando os crimes ocorrem com mais frequência. Em 2015 a análise aponta que crianças de 0 a 11 anos, 220 no total, sofreram violência sexual, já em 2016, foram os adolescentes de 12 a 17 anos, 146 jovens.

ver mais notícias