A irritante Senadora do Amazonas Vanessa Grazziotin é ‘expulsa’ do impeachment

O Senador Raimundo Lira precisa ter muita paciência para acalmar os ânimos durante a Comissão do impeachment contra a presidente afastada Dilma Rousseff no Senado. O peemedebista eleito pela Paraíba, no entanto, perdeu a paciência nesta quarta-feira, 29, após a Senadora Comunista Vanessa Grazziotin querer falar mais alto que ele. De forma surpreendente, ele decidiu cancelar tudo o que a representante do PC do B do Amazonas havia acabado de falar. “Não dei a palavra a senhora”, diz ele em tom irritado.

A senadora Vanessa não parava de falar na vez dos outros. No entanto, ela ainda queria direito a réplica após Ana Amélia, do Partido Progressista do Rio Grande do Sul, recorrer ao regimento interno para demonstrar que era imprópria uma de suas milhares  questões de ordem. A Congressista Comunista e seu aliados costumam fazer isso o tempo todo. O objetivo principal da tática é tentar atrasar os trabalhos da Comissão, deixando Dilma mais tempo no poder, além é claro, de fazer a turma pró-impeachment perder completamente a paciência.

“Não dei a palavra a Vossa Excelência”, respondeu irritado o presidente da sessão do impeachment. “Peço que não coloque na ata as palavras da senadora Vanessa Grazziotin”, detonou ele de forma surpreendente. Mais um pouco, ele mandava Vanessa se retirar…

ver mais notícias